Semelhanças entre empreendedores e super-heróis. A saga das startups.

Tempo de leitura 6 min.

Licões dos super heróis para empreendedores e startups
Foto Super heroína by @kues

Alexander Zelaznick, um professor de psicologia da Califórnia, compara um empreendedor com um delinquente juvenil. Alguém que curte viver de risco e que pode fazer coisas que outras consideram menos seguras ou inteligentes. Eles pensam nas consequências de maneira diferente das outras. Não estão nem aí com insegurança e medo, e vão com medo mesmo!

Desde a geração X, aos que mais tarde conheceriam esses heróis apenas pelas HQs ou desenhos da TV, até a nova geração que começou a gostar de super heróis através dos filmes dos últimos anos, X-men, Homem-Aranha, Batman, Superman, Iron Man,etc., o que raios nos dão lições de como enfrentar um start pesado no mundo real dos negócios. Vamos analisar algumas ideias aqui.

 

Robin S Rosenberg, um psicólogo clínico, diz em seu artigo 7 lições valiosas que você pode aprender dos super-heróis:

 

"Mesmo os fãs mais fanáticos de super-heróis ficam intrigados por algumas das questões levantadas em  suas histórias, como questões de moralidade e justiça, de personalidade e identidade. Como em qualquer boa ficção que perdura, ressoamos com os personagens dos super-heróis, e suas histórias provocam nossa imaginação ".

 

 

No mundo dos quadrinhos, existe um empresário bem sucedido o Bruce Wayne. Ele é um pouco neurótico talvez e, como todos sabemos, ele tem outro lado triste pelo assassinato de seus pais - o lado obscuro que aparece como Batman.

Recentemente, eu li um artigo no NYtimes.com chamado Just Manic Enough- Seeking Perfect Entrepreneurs que nos faz pensar em Bruce Wayne:

 

"Os atributos que fazem grandes empresários, dizem os especialistas, são comuns em certos comportamentos, embora em formas mais suaves e aproveitadas de maneiras que são extremamente produtivas. Em vez de imprudência, o empreendedor adora riscos. Em vez de delírios, o empreendedor imagina um produto que parece tão atraente, que inspira as pessoas a apostar suas carreiras, ou muito dinheiro, em algo que não existe e que nunca pode vender ".

Eis a história do vilão e mocinho, como Coringa e Batman. Eles estão em lados opostos. Bruce Wayne usou seus dias obscuros para se tornar imensamente rico. O palhaço, por outro lado, se jogou no mundo do crime tornando-se um puro maníaco e seu comportamento insano e perigoso para todos.

 

Isso é algo que os super-heróis costumam fazer (claro que isso também tem que ver que eles têm superpoderes e podem se dar ao luxo de ser imprudentes às vezes). O Homem-Aranha pode se atirar de um arranha-céu porque ele pode disparar redes e sair pulando de prédios, mas se Peter Parker não era quem ele é como pessoa - corajoso, atencioso, amável e levemente imprudente - Spider Man não seria quem ele é.

 

Vejamos o Bruce Wayne / Batman que procura o assassinato de seus pais toda a sua vida e combate criminosos com uma paixão febril.

Peter Parker / Spider Man não desiste até ter perseguido o assassino de seu tio Ben.

Logan / Wolverine faz tudo o que pode para descobrir o seu passado. Ele quer saber por que ele não consegue lembrar. Por que ele é como ele é?

Ororo / Storm foi enterrada sob um edifício em colapso quando criança e desenvolve claustrofobia forte, mas ela consegue superar esse medo incapacitante.

  

Liga da justiça - Super heróis e lições para empreendedores, startups
Liga da justiça - Super heróis e lições para empreendedores, startups
X-Men - Super heróis e lições para empreendedores, startups
X-men - Super heróis e lições para empreendedores, startups

"Robert Baron, um psicólogo do Rensselaer Polytechnic Institute, mostrou que os empreendedores são mais bem sucedidos quando são persuasivos e têm habilidades sociais fortes - ou seja, ser um vendedor carismático é uma grande ajuda." (The Psychology Of Success, Matthew Herper, Forbes).

Sim, é claro, você precisa ter uma personalidade vencedora para poder vender suas ideias e seus produtos.

Se você não pode convencer seus clientes ou a pessoa no banco que você precisa para emprestar-lhe dinheiro, é altamente provável que você nunca terá muito sucesso.

Agora, quando penso nisso, muitos super-heróis são mostrados como muito carismáticos e encantadores. Até Clark Kent é meio mala, tímido quando ele é o Superman. Peter Parker é muito engraçado e encantador quando ele é Spiderman. Bruce Wayne é pura sofisticação e sagacidade. (E então, claro, Logan / Wolverine com seu comportamento de raiva as vezes até animal como carisma.)

Os vilões esforçam-se por isso. Eles podem ser engraçados de um modo desconfortável e grosseiro, mas muitas vezes eles não têm o charme.
As vilãs são muitas vezes tão charmosas, espirituosas e carismáticas quanto os super-heróis masculinos. E muitas vezes são animais; Mulher Gato, Viúva negra. (Eu sei que esta Black Widow não é uma vilã hoje em dia).

 

Heróis e vilões tem muito de psicologia e empatia. Na hora da raiva, não machuque ninguém a não ser você mesmo, mas se você se sentir melhor para perfurar um travesseiro ou se socar, pular e gritar, então faça isso.

Porque não há nada pior para sua mente e bem estar do que reter raiva ou desapontamento.

E se você quer ser um garoto de 3 anos com uma birra danada, faça isso.

Apenas lembre-se de fazer isso em particular ou todos podem pensar que você cruzou a linha para um verdadeiro louco e não apenas um empresário louco. (Rei Louco, Game of Thrones haha).

Depois de tirá-lo do seu sistema, você ficará mais calmo e capaz de ver o que deu errado e encontrar uma solução para o problema.
A importância de ter uma equipe e aceitar suas "falhas". Olha aí um insight de UX e startups, uma dica aqui lean startup, e assuntos de Experiência do usuário como EMPATIA. Saber se colocar no lugar dos outros e entender as suas dores e necessidades.

Uma coisa importante para super-heróis e empreendedores é uma equipe.

Cada super-herói é forte por conta própria, mas com seu time são invencíveis. X-men, por exemplo, com o Professor Xavier como líder pode realizar um grande negócio que nunca poderiam, por si só. Outra coisa importante para ter uma equipe é que cada membro é diferente e traz diferentes habilidades que formam um conjunto foda! Assim são os Avengers, Liga da Justiça, etc.

Mas é importante criar uma boa equipe que faça o melhor de cada um de vocês.

O que teria acontecido se Wolverine não fosse aceito em X-men? Ele pode ter descido por um profundo e escuro buraco do mal, embora acredite que seu núcleo é bom.

E o que Batman faria sem o seu Alfred? Provavelmente esteria perdido ou, pelo menos, sem uma camisa limpa para a reunião do conselho!

    "Os super-heróis têm falhas, cada membro da sua equipe também terá. O objetivo não é a perfeição, é a busca da perfeição. Não faça isso porque você quer atenção. Se você fizer isso direito, você conseguirá de qualquer maneira. "(Jason Nazar, 10 lições que Startups podem aprender com os super-heróis, 9/23 de 2008).



Às vezes, o que outras pessoas consideram falhas podem nos ajudar. Eles podem se transformar em algo bom. Como diz o maluco youtuber do Murilo Gun, seja o Hulk, se transforme! (Ou os Transformers mesmo ué!).

Talvez você seja introvertido. Ser um introvertido pode não ser o melhor nas festas, mas funciona muito bem se você é um escritor e não se importa com as longas horas sozinho.

Talvez eles digam que você fala demais. Falar muito pode fazer um grande vendedor.

Talvez eles digam que você é agressivo. Ótimo para você, porque isso provavelmente o torna bravo na situação social e você seria ótimo ao comercializar sua empresa.

Agora vou falar sobre Superman mesmo que ele não seja meu favorito. Ele cresce tendo que esconder quem ele é. Ele se sente diferente e não tem certeza do que fazer com seus poderes até que ele se liberte de sua cidade natal e crie o Superman. Ele é um alienígena, mas ele usa sua diferença para fazer o bem.

 

Adversidade, dificuldades e motivação



Um empreendedor e pensador muito famoso foi o Steve Jobs.

No artigo, The Psychology of Steve Jobs na página web StarOverSky Counseling & Psychotherapy, o escritor fala sobre o que moldou Jobs e o transformou na pessoa que ele era. O escritor começa a falar sobre a infância e como o fato de Jobs ter sido adotado deu-lhe um impulso para provar a si mesmo.

    "Seu trauma emocional da infância sobre descobrir que ele foi adotado o colocou em um curso de vida para provar aos seus pais biológicos que cometeu um erro ao abandoná-lo".

Quando você começa a olhar para líderes empresariais famosos, às vezes você encontrará algum tipo de adversidade na infância. Christina Onassis nunca superou verdadeiramente seus pais, o divórcio e a infidelidade de seu pai. Vernon Jordan Jr, que foi conselheiro de Bill Clinton na década de 90, cresceu na cidade de Atlanta segregada. Hoje uma potência real em entretenimento e negócios, Oprah Winfrey, falou abertamente sobre sua infância traumática e seu livro inspirou uma nação.

Então eu volto para a única característica que cada pessoa bem sucedida tem, sendo altamente motivada. A motivação faz toda a diferença. Mas de onde vem a motivação?

O caminho se trata de encontrar o seu talento, quem faz o que ama, o trabalho vira um aprendizado contínuo e satisfatório. Claro não deixando de cumprir os desafios e muito hard work e dedicação.

    "Se você não gosta de algo, você não vai fazer mais milhas, trabalhar o fim de semana extra, desafiar tanto o status quo" (Steve Jobs).

Conclusão

De acordo com a pesquisa e alguns artigos do NY Times, um empreendedor é um tomador de riscos motivado e gosta do que faz que chega a ser um pouco maníaco e tem uma personalidade encantadora. Para mim, isso parece muito lógico.

Para ter a coragem de começar algo novo e ser capaz de suportar os haters, você precisa de um certo tipo de personalidade. Eu não acho que todos tenham esses traços e talvez os empreendedores sejam como um super-herói ou são apenas um pouco loucos.

O que podemos aprender com os super-heróis? Eu acho que todos podem aprender com os super-heróis.

Podemos ser como Wolverine. Não quero dizer ter músculos, garras e pestanas perversas, mas ser duro como o inferno com um coração dourado e bom.

E o Hulk / Bruce Banner. Não tenha medo da sua ira. Use seu temperamento para conseguir as coisas cumpridas e misture com uma mente pensativa e positiva.

Seja como a Tempestade dos X-Men. Não, você não precisa usar uma capa e um maiô como roupas, mas superar suas adversidades e crescer a partir dela.

 

Ao empreendedorismo e liderança feminina, seja a Wonder Woman, Mulher Maravilha, determinada e de pulso firme, desobedeceu sua mãe que quis protegê-la do mundo mas continuou seus treinamentos com sua tia. Uma mulher sem medo, líder nata, com bravura e compaixão.

Seja como Batman e encontre o que deseja mudar e vá para ele com todo seu coração, alma e coragem.

E é claro que sempre seja como Spiderman e tenha uma piada a mão.

Não temos que ter superpotências para fazer coisas de super-heróis. Mudar o mundo e torná-lo melhor para todos é digno de super-heróis.

E aí pergunto, o que você acha que faz alguém começar um negócio?

Existem certos atributos que definem pessoas que são empreendedoras?

Você conhece um super-herói?

 

Texto de Mario Hideki, baseado em artigos de NY Times e Auto Growth Hacking.

Write a comment

Comments: 0