· 

O significado de Branding

O atual significado de Branding

O conceito e significado atual de branding vai muito além de estratégias de marketing, logo design, e ter kit de papelaria fora de série. Branding em poucas palavras é o fortalecimento de uma marca. Tudo que ela representa não apenas visualmente. Sua marca se comunica de alguma forma com seu público. Porque as pessoas pagam quatro vezes mais caro um café do Starbucks, ou porque uma BMW tem um custo tão elevado? Já parou para pensar que essas marcas sobrevivem com um público que realmente paga por esses serviços?

Branding é tanto a gestão quanto o fortalecimento da marca. Não é um processo que se constrói do dia para a noite.

Segundo Ana Couto umas das precursoras da difusão do Branding no Brasil, diz que:

A sua marca é, sua marca faz, sua marca fala.

Branding não é apenas uma buzzword do mundo do marketing, já parou para pensar porque a marca Apple é avaliada em bilhões?

Toda marca representa valores e tem um propósito. Quando criamos uma consultoria de branding, fazemos o processo de imersão, tentando entender e melhorar a forma de comunicação de um negócio desde sua história, fundadores, fatores motivacionais, um exercício que pesquisa de dentro pra fora.

Hoje em dia com novas formas de negócio, como startups o processo de descoberta, pivotagem, proposta de valor são essenciais para um branding de sucesso.

No caso de negócios não diria tradicionais, mas que buscam se reinventar o Branding pode ajudar a esclarecer novos caminhos e estratégias diferentes para se manter no mercado. Saiba que os principais players do mercado, isto é, marcas que ultrapassam gerações, investem pesado nesse conceito.

Saiba que hoje, o Branding e a tecnologia caminham de mãos dadas. Podemos fazer pesquisas rápidas com um futuro usuário de seu serviço ou produto de forma eficiente. Mas não existe regra pronta e não somos nenhum grupo de gurus de design ou marketing. Cada propósito de negócio tem o seu caminho a trilhar para a descoberta.

Paremos de competir apenas com o preço. Ofereça algo mais de valor aos seus clientes.

O primeiro passo é traçar um plano estratégico de marca. Pesquisar concorrentes, fazer o benchmark direito e estudar formas de atingir e definir quem serão os seus clientes.

Segundo passo: definir a personalidade da sua marca e seu posicionamento. Estes são fatores que não entraremos muito em detalhes mas que basicamente ajudam a você diferenciar o seu negócio dos demais. O que torna o seu serviço único? Esta é a pergunta que se deve tentar responder de uma forma mais clara possível.

Terceiro passo: definir os elementos verbais da sua marca. Nesse passo devemos escolher um nome ideal para sua marca, um processo difícil as vezes dependendo do ramo de atividade. Esse processo também é chamado de naming, e quando criarmos o nome da marca temos que analisar e escolher para que você não tenha pegado o mesmo nome de outra marca ou um nome que possa confundir ou gerar conflitos.

Finalmente o último passo para um case branding de sucesso são os elementos visuais. Aqui é onde as pessoas mais falam e mostram o que se relaciona ao branding. O Design em si. Entra nesse processo o estudo da psicologia das cores, estilos de tipografia, logo, fotografia e toda a comunicação visual e digital.

Caros leitores, nesse post demos dicas valiosas de como começar um negócio do zero profissionalmente. O ideal pra fazer bonito e o negócio dar samba é sempre seguir esses passos sozinho ou contar a ajuda de profissionais. Como diz Steve Blank o pai das startups, não deu certo, muda, teste, até encontrar o caminho certo.

Write a comment

Comments: 0